domingo, março 28


Diz-me, meu amor, como posso eu evitar ? Como posso travar toda esta mágoa, esta raiva dentro de mim ? Se tivesse coragem para isso, fugia daqui. Saía deste lugar que tão mal me faz e viajaria pelos quatro cantos do mundo. Esquecia que tu existes, nunca mais diria o teu nome - nem em voz alta, nem para mim.
Porque é isto que me está a matar, sabes ? Não poder gritar o teu nome bem alto para que todos ouçam , não poder dar-te um murro na cara (que bem mereces), nem chamar-te cobarde , idiota , parvalhão e todos os nomes feios que me ocorressem na altura. Gostava de te poder magoar tanto como tu me magoaste a mim , ou até mais se pudesse ser. Gostava de saber mentir para te dizer bem alto que foste a pior coisa que me aconteceu na vida, que gostava de nunca te ter conhecido. Queria que sentisses na pele tudo aquilo que eu senti, que chorasses lágrimas de desespero como eu chorei. Queria poder arrancar-te um pedaço de carne e esboracar-te o coração. Queria poder dizer a toda a gente que te odeio.
Mas depois de toda esta raiva diurna, vem o arrependimento. E ainda bem que sou fraca, que tremo muito quando penso em ti. O sabor amargo da raiva nunca me cai bem, deixa-me sempre com azia. E mais enjoada fico quando tenho que ver de uma forma imaginaria a tua felicidade, os teus sorrisos cinicos, a tua falsa sinceridade.
Mata-me escrever para ti, mas por muito que não queira as palavras saiem-me para a caneta e rasgam furiosamente o papel amarrotado.
Eu estou a escrever que te amo. Mas não quero. Desta vez vou passar uma linha sobre as últimas frases bem educadas e amorosas. É chegada a altura de deixar de fazer de ti um herói, um protagonista.
Porque tu não mereces, não mereces mesmo nada vindo de mim. E vou gritar tão alto quanto a minha mente me permitir.

67 comentários:

  1. OMG, que texto LINDO :o
    Inspiraste-me :$
    Tens de libertar-te dessa raiva e guardar só o que é bom de guardar. Sabes como?
    Deita TUDO cá para fora, depois respira fundo, limpa as lágrimas e sorri e diz para ti própria "é a ultima vez" :)
    FORÇA :)

    ResponderEliminar
  2. Se pensares sempre que não acreditas e que não consegues, sei que não consegues e tu também sabes!

    ResponderEliminar
  3. CLARO! Não podes estar sempre presa ao passado :)

    ResponderEliminar
  4. Disseste que alguma coisa estava a bater mal e eu estava a perguntar se é o teu blog.. xD

    ResponderEliminar
  5. Ai não me comeces a dizer essas coisas fofinhas que eu derreto-me já :'$$

    ResponderEliminar
  6. Pois.. Então é melhor fazeres o que te digo xD

    ResponderEliminar
  7. Eu não disse que queria que continuasses :o
    Ou disse? -.- NAO! xD

    ResponderEliminar
  8. E agora a culpa é minha por seres assim? :o

    ResponderEliminar
  9. Olha que estúpida :o uma anja como eu a ser vitima por uma sanguessuga como tu :o

    ResponderEliminar
  10. e poe esta porcaria a não ter de escrever as letras no final de cada comentário!

    ResponderEliminar
  11. nunca vi os valores da tua conta bancária sequer -.-
    mas deve estar a zeros, mas pronto :D

    ResponderEliminar
  12. olhaaa, diz-me onde se vai para por as ceninhas que tu tens "conquistas <3"

    ResponderEliminar
  13. primeiro tratas-me mal, depois tentas ser querida -.-

    ResponderEliminar
  14. olha, sinceramente nao vou comentar o teu estado e o que me dizes :D

    ResponderEliminar
  15. Eu TAMBÉM! Só ainda não pus isso -.-
    E a cena do contador de coisinhas fui eu que andei à procura e tu só carregas-te em cima para ter um igual ao meu .|.

    ResponderEliminar
  16. BORA :b
    Ainda bem que falas nisso xD
    No passeio que tive numa quarta fizemos quase todos um jogo (que era de fumar). OMG xD

    ResponderEliminar
  17. Sim.. Tipo um cigarro passava por todos (um de cada vez, vá xD) e quem deixasse cair a cinza tinha de fazer flexões! LOOOOOL
    Calhava sempre à Cátia que era um das duas que dava os cigarros xD

    ResponderEliminar
  18. não estás assim pelo que eu estou a pensar, pois não? -.-

    ResponderEliminar
  19. amor vou sair daqui. se quiseres manda mensagem pra mim que o meu telemóvel já deve de ter bateria :D
    amo-teeeeeee (L)

    ResponderEliminar
  20. amor?! gosto de ti (a)
    nao posso fazer com que ela sofra o que tu sofres-te, mas posso fazer com que nao sofras mais por quem nao merece.
    e uma coisa, nada te impede de dizer o que sentes por essa pessoa, de berrar e de lhe chamar a pior merda que te pode ocorrer no momento. uma pessoa para se tornar alguem na vida, tem de errar, de bater com a cabeça no murro e levantar-se de novo para seguir em frente. e tens o teu noivo, para te ajudar a levantares-te de novo, para te fazer sorrir.
    beijinho, continua a sorrir para mim (a)

    ResponderEliminar
  21. sua feia :b
    não sabia que andavas aqui metida ;D

    beijinhos, <3

    ResponderEliminar
  22. pois queres, para ver se me encontras em Canedo. Right? (a)

    ResponderEliminar
  23. E eu quero que o faças amor !
    SEMPREEEEEEEEEEEEEEEEE!
    Eu amo-te com todo o CORAÇÃO :$
    <3

    ResponderEliminar
  24. Tu és a minha GRANDE e de ENORME IMPORTÂNCIA :$

    ResponderEliminar
  25. Talvez amor, não sei...
    Mas olha, deixa lá *.*
    Não tem importância!
    Nem procures mais...
    Eu depois pergunto a uma pessoa que entenda disto :b SIM? *.*
    Obrigada na mesma !

    ResponderEliminar
  26. temos os mesmo gostos *.*
    mas em primeiro está mesmo NY (:

    ResponderEliminar
  27. aquilo lá é mais lindo que feio :D e a minha DT quer organizar uma viagem xD a nova iorque se der, se não der é a inglaterra :D

    ResponderEliminar
  28. OH; sabes perfeitamente que não foi isso que queria dizer xD

    ResponderEliminar
  29. JURO! não sei se vai dar em alguma coisa xD mas a dt já mostrou vontade (:
    se puderes claro que vens :b

    ResponderEliminar
  30. Não não :b
    Queria dizer apenas a quem tem mais experiência que nós :D

    ResponderEliminar
  31. oh, não sejas parvinha *.*
    Queres que eu t faça olhinhos, é? (a)

    ResponderEliminar
  32. Era mesmo ;-;
    Mas para a semana já estás ;$

    ResponderEliminar
  33. pois, mas eu também gostava de ser antropóloga forense ou então investigação. E lá é que isso rola xD

    ResponderEliminar
  34. AI QUE VAI SER TÃO LINDO, OUTRA VEEEEEEZ *.*
    Vamos tirar montes de fotos? :$

    ResponderEliminar
  35. MUITO xD por isso é que me fico pela farmácia :b

    ResponderEliminar
  36. Oh, que LINDA *.*
    Quando me vires é aquele abracinho outra vez? *.*

    ResponderEliminar
  37. Sabes o que me lembrei agora? :$
    Daquele em que demos na feira da primavera na escola de canedo que a tua mãe até ficou a olhar pra nós, lembras-te? :$

    ResponderEliminar
  38. pois, porque quando me vês das um à bruta (a)
    Ahahaha :b

    ResponderEliminar
  39. tens de ir para outro lado, desde que entres :/

    ResponderEliminar
  40. Adorei o texto*.*
    Está simplesmente divinal. Cheio de sentimentos que são partilhados por muitas de nós. Por mim, pelo menos.

    Gostei mesmo. D tal forma que ficou a fazer um bocadinho parte de mim. Ou melhor, explica um pedaço de mim.

    Parabéns:)

    ResponderEliminar
  41. belo texto bandeirinha *.*
    gostei imenso...
    beijinho*

    ResponderEliminar