segunda-feira, julho 15

E vai um amo-te praqui, e outro prali*



Ao espreitar o blog lindo STARLIGHT deparei-me com um assunto que me fez pensar.

Acho que dizer um "AMO-TE" a alguém é um ato que tem de ser expresso mesmo de forma responsável e, acima de tudo, sentida! Temos mesmo de ter aquele clique, saber que é mesmo aquela pessoa. Não tem jeito nenhum espalhar "je t'aimes" por aí. 

Não podia estar mais de acordo com a citação dela, neste momento, mas a verdade é que houve uma altura em que eu dizia amo-te com muita facilidade, as minhas amigas praticamente todas, mas agora que reflicto sobre isso digo-o a uma, talvez duas e acho que é o melhor a fazer, até tenho dificuldades em fazer-lo se algo não esta bem, porque dou outro significado a palavra que não dava. 
No que toca ao meu namorado, também foi difícil ele arrancar de mim um "amo-te" ainda por cima eu não gosto de todo da palavra "adoro-te" porque acho falsa, ou se gosta ou se ama, não existe meio termo na minha opinião. Então, respondia que gostava muito dele quando ele mo dizia, e hoje QUASE 3 anos de namoro depois, digo muitas vezes que o amo, mas lembro-me de primeira vez que o fiz como se fosse hoje.
Não interessa a forma como esta escrito, mas sim como é dito.

9 comentários:

  1. A verdade é que não importa qual a palavra dita, mas sim o quão intensa e sentida é. Um 'amo-te' sentido e um 'amo-te' normal são completamente diferentes e a pessoa que o ouve sabe sempre quando é sentido ou não.

    ResponderEliminar
  2. Concordo contigo! Nunca disse amo-te a uma amiga, sempre achei uma palavra forte demais...

    ResponderEliminar
  3. Oh, adorei querida, tens toda a razão *
    Obrigada!

    ResponderEliminar
  4. Hoje em dia há quem diga "amo-te" com tanta facilidade que quase corremos o risco de banalizar o significado da palavra. Eu raramente o digo, mostro-o e julgo que isso seja muito mais importante. :)

    ResponderEliminar
  5. e eu também me lembro minha princesa, mas tão bem chouchu :$
    e realmente foi difícil essa palavra sair-te dos teus lábios, mas quando a ouvi soube mesmo bem, foi como se o parasse e eu levitasse no ar, senti-me mesmo feliz :$
    e todas a vezes que digo AMO-TE são tão sentidas, que mesmo todas as que digo (e são muitas :§), não chegam para traduzir o que sinto por ti <3

    SOMOS UM <3
    p.s. Quase 36 +.+

    ResponderEliminar
  6. Concordo, acho que "amo-te" é uma palavra com demasiado significado para ser dita a qualquer pessoa!
    Sigo o teu blog!
    Beijos

    http://mundodeariel.blogspot.com/

    ResponderEliminar